Você já precisou mandar seu CV para uma vaga de emprego? Se você já se inscreveu para alguma vaga, certamente a resposta é sim. Apesar de todas as evoluções da área de recrutamento e seleção, o bom e velho “resume” ainda é indispensável.

Esta é a primeira fase e funciona como a triagem de qualquer processo seletivo. Mas a pergunta que fica é: quantas vezes você foi chamado para uma entrevista depois de ter mandado seu CV?

Como funciona a triagem de currículos?

Muitos estudos mostram que os recrutadores passam em média apenas 6 segundos analisando um CV, isso significa que você tem pouco tempo para chamar a atenção e ser um dos escolhidos para próxima fase do processo seletivo. Ao todo apenas uma pequena porcentagem, inferior a 5%, acaba sendo chamada para o próximo passo. Portanto, seu CV precisa ser construído de forma estratégica, para ter esse ‘efeito encantador’.

Sabemos que as pessoas são diferentes, aprendem de forma diferentes, umas são mais auditivas, outras visuais e outras ainda são mais cinestésicas e isso para a entrevista de emprego pode ser muito relevante. Porém, no caso do currículo, nosso principal recurso é o visual, portanto, o formato se torna crucial para se destacar entre milhares de candidatos parecidos.

9 dicas para destacar o currículo e chamar a atenção dos recrutadores

Sabendo disso, selecionamos algumas dicas especiais para você se destacar nessa fase:

Menos é mais

Tenha na cabeça que menos é mais, não exagere, não escreva muito, não coloque muitas cores. Seja objetivo e coerente, para evitar distrações desnecessárias.

Perfil do candidato

Para começar a elaboração de seu currículo, faça uma boa escolha do modelo, que combine com a sua personalidade. Por isso, é importante saber quem você é, do que você gosta e suas principais aptidões. Este autoconhecimento pode não só facilitar a criação do CV, mas também, ser a chave para que sua procura pelo emprego e candidatura tenham sucesso.

IMPORTANTE: o seu CV também precisa representar você, portanto, escolha um modelo que você se sinta bem e combine com seu estilo, experiência e preferência.

Formato do currículo

Não se prenda a apenas um formato. O formato também depende de qual empresa e/ou posição você está aplicando. Por exemplo, vagas para áreas como marketing ou design, ou para entrar para o mundo das startups, podem possuir formatos mais alegres, mais modernos e até com cores.

Já para áreas ou empresas mais tradicionais ou operacionais, formatos mais sóbrios e em preto e branco são mais indicados. Independentemente disto, um visual bonito e organizado conta muito, com cor ou sem cor, deixe tudo alinhado e com a mesma letra e padrão em cada categoria.

Algumas indicações para se inspirar são: canva.com (10 modelos de currículos para editar e conquistar seu emprego) e o site www.meucurriculoperfeito.com.br

Linguagem

A linguagem também pode variar de acordo com a empresa, área ou cargo à qual esteja se candidatando, mas em caso de dúvida, opte sempre por ser mais formal do que informal. A gramática correta, sem erros, é sempre fundamental!

Foto no currículo

Foto em algumas empresas são bem vistas, desde que seja bem profissional, porém em outras isso gera uma sensação de infantilização, portanto, na dúvida, não coloque, arrase na escrita e deixe para te conhecerem na entrevista.

Tamanho

Independente do formato de seu currículo e da sua experiência, não ultrapasse duas páginas. Uma boa dica é não deixar seu CV poluído, escreva apenas o essencial para que ele fique o mais limpo e agradável de ver e ler.

Perfil das redes sociais

Abaixo do seu nome, junto com seu e-mail coloque seu perfil do LinkedIn (para isso, garanta que seu perfil nesta rede esteja ‘redondinho’).

Outra dica é não colocar endereço ou idade, esses são principais gatilhos de vieses inconscientes quando um recrutador lê um CV. Exemplo: se a empresa é na zona norte e a pessoa mora na zona sul, o recrutador tem a tendência de descartar esse CV sem sequer olhar suas qualificações.

Referências profissionais

Não coloque telefone de referências de antigos chefes, nem professores, se o recrutador quiser descobrir, ele irá atrás dessas informações. Também não coloque data de atualização do CV, a pessoa que recebe um currículo sempre assumirá que ele já está atualizado.

Nome do arquivo

Em caso do envio de seu currículo ser feito por e-mail, ou de maneira digital, , caso a empresa não solicite o arquivo com um nome, ou formato específico, sempre salve o arquivo como PDF e com o título: “CV – Seu Nome”.

Dica extra

Para terminar, sempre revise seu currículo duas ou três vezes. Além disso, para você ter certeza que ele realmente ficou bom, envie-o para alguém de confiança e peça sinceridade em sua avaliação dos seguintes pontos:

  • gramática;
  • concordância verbal;
  • resolução para leitura on-line.

Peça também, para essa pessoa ler por 90 segundos seu CV e então te falar o que sabe sobre você, o mais lhe chamou atenção e o que não gostou. Esse exercício é um excelente teste para se certificar que seu currículo está campão.

Com esse passo a passo do CV, já pode começar a pensar na entrevista ☺! Santé!

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*Os comentários não representam a opinião do portal ou de seu editores! Ao publicar você está concordando com a Política de Privacidade.

*