Se você está em busca de recolocação ou quer entrar no mercado de trabalho, o ano de 2021 traz boas perspectivas. A consultoria PageGroup, de recrutamento e seleção, mapeou oportunidades em praticamente todos os setores.

Apesar de cada segmento ter suas particularidades, existe um consenso entre os recrutadores: falta gente. Não gente para ocupar cargos, mas gente realmente apta a atender a demanda das empresas por mão de obra qualificada.

Confira os 30 cargos em alta para 2021, segundo a consultoria PageGroup e o salário para cada um deles.

Recursos Humanos

A área precisou se reinventar em 2020. As equipes estão mais enxutas e as empresas buscando por profissionais com perfil mais generalista. Os candidatos a área de RH precisam estar de olho às novas tecnologias de gestão de pessoas.

Gerente de Recursos Humanos

Salário: entre R$ 25 mil e R$ 45 mil

O profissional é responsável pela área de RH e atua no desenho das estratégias de pessoas, sendo um parceiro do gestor do negócio. Para se destacar no cargo, ele deve ter foco em resultados e visão de negócio.

É preciso estar atualizado com as práticas da área de RH do mercado e reestruturação organizacional. Um segundo idioma, como o inglês, é um requisito importante para a posição.

Especialista em Aquisição de Talentos

Salário: entre R$ 15 mil e R$ 20 mil

Para atuar na atração de talentos, é preciso ser criativo para conseguir inovar em programas de onboarding, employer branding, recrutamento interno e programa de trainee/estágio. Experiência em empresas de tecnologia ou startups é um diferencial.

Recrutadores

Salário: entre R$ 4 mil e R$ 14 mil

É quem realiza todo o processo de recrutamento e seleção. O profissional precisa ser dinâmico, comunicativo, organizado e ter olhar estratégico para encontrar soluções e melhorias para a área de processos seletivos.

Tecnologia

A pandemia acelerou os processos de transformação digital que estavam nas listas de tarefas das empresas, assim como avançou os projetos voltados para segurança da informação e evitar crimes cibernéticos.

Data Protection Officer (DPO)

Salário: R$ 20 mil

Com a nova Lei Geral de Proteção de Dados, as empresas viram a necessidade de ter um profissional encarregado de administrar e avaliar todos os dados da companhia. É importante ter uma visão interdisciplinar, que que englobe governança de tecnologia e segurança da informação, além de entender sobre a legislação em vigor.

Gerente de Cyber Security

Salário: entre R$ 25 mil e R$ 35 mil

O profissional é responsável por implementar processos de segurança, liderar estratégias de segurança e direcionar iniciativas, ferramentas e projetos de tecnologia para evitarem ataques.

Por isso, é imprescindível conhecimento em políticas de governança, gestão de segurança da informação, riscos e auditoria.

Especialista em Cloud

Salário: entre R$ 14 mil e R$ 19 mil

Os especialistas em cloud apoiam as companhias na sustentação da operação remota e garantem que todos os sistemas em cloud funcionem bem e e não atrapalhem o dia-a-dia da empresa.

Para conseguir uma vaga na área, é necessário o conhecimento de computação em nuvem, banco de dados e arquitetura híbrida para serviços e data lake – um sistema de armazenamento de dados brutos.

Gerente de Data Science

Salário: entre R$ 19 mil e R$ 29 mil

A análise de dados ajuda as  empresas em decisões operacionais, o que é muito importante em momentos de incerteza como a da Covid-19. Por isso, profissionais capazes de pensar em estratégias para as companhias por meio da estruturação e análise de dados estão sendo disputados a tapa no mercado.

Formação acadêmica em exatas como matemática, estatística e física são diferenciais; além de experiências com BI, Analytics e Engenharia de dados.

Desenvolvedor de Games

Salário: entre R$ 8 mil e R$ 15 mil

O mercado de games cresceu muito durante a pandemia. É perceptível o aumento nas buscas por programadores de games. As tecnologias e linguagens de programação mudam de acordo com o tipo de jogo.

Em geral, vale entender de tecnologias como JAVA, principalmente para o desenvolvimento do Android, Kotlin (linguagem de Android), C++, Unity e PhoneGap (HTML, CSS, JavaScript).

Analista de Business Intelligence, Dados e Automação

Salário: entre R$ 3,5 mil e R$ 8mil

Esses profissionais são bastante analíticos e possuem um papel importante e fundamental junto às áreas de negócios das empresas. São eles que extraem, armazenam e analisam os dados, gerando novos “insights” para melhorias e testes de serviços e produtos.

Como estão em contato com todas as áreas da companhia, comunicação assertiva é fundamental. Para aqueles que de desejam atuar em multinacionais, nem pense em não ter inglês avançado.

Ferramentas como Power BI, Tableau e Python são extremamente importantes e requisições primárias para todas as organizações.

Especialista em Segurança Digital e Infraestrutura

Salário: A partir de R$ 10 mil

Essa é uma das posições mais demandadas no mercado. Além de profunda experiência em legislação e domínio técnico, o profissional precisa se manter sempre atualizado, tanto em relação às ferramentas de proteção quanto às novas ameaças que surjam.

Muito importante que o candidato tenha certificações como CISSP, Cisco CCNA Security, dentre outras.

Desenvolvedor Web (Back/Front) – Java, PHP, C#

Salário:  A partir de R$ 6 mil

Cada vez mais as empresas optam por profissionais atualizados com as novas linguagens tecnológicas e adaptáveis para mudanças de projetos. Um dos grandes diferenciais é a holística dentro de um projeto, que possibilite reduzir custos e otimizar processos.

É fundamental que os profissionais tenham conhecimento de metodologias ágeis e um segundo idioma é um diferencial.

Analista de UX & U

Salário: a partir de R$ 4,5 mil

O profissional precisa identificar problemas de usabilidade em interfaces, criar hipóteses e testes para soluções de problemas, além de otimizar a experiência do usuário.

Por isso, é preciso saber enxergar o produto com a visão do usuário e compreender a viabilidade do produto para a empresa. As companhias buscam perfis que tenham experiência com prototipagem e pesquisa.

Experiência em desenvolvimento Front-end é um diferencial, pois há muita interface com essa área. Outro ponto importante é o inglês.

É uma área ainda em desenvolvimento no Brasil, os melhores materiais e grande parte das ferramentas estão neste idioma.

Digital

Com o crescimento do mercado de digital e altos investimentos em startups, aumentou também a necessidade de melhoria em estratégias e jornada do cliente.

Gerente de Produto

Salários: entre R$ 25 mil e R$ 40 mil

O profissional é responsável por direcionar a estratégia, o plano de evolução e as entregas dos produtos digitais. A pessoa deve ter conhecimento em experiência de usuários e tecnologia, além de entender do negócio.

Finanças

As empresas querem pessoas que pensem o negócio e entendam os impactos de suas ações no dia a dia da área para os resultados da companhia.

Business Controller

Salário: entre R$ 15 mil e R$ 30 mil

O objetivo do cargo é se associar a outras funções fora da operação de finanças, atuando quase como um consultor para  identificar lacunas e oportunidades nos processos.

É um profissional ativo, focado e orientado para o futuro. Possui forte relacionamento com áreas como logística, produção, vendas e marketing.

Gerente Fiscal

Salário: entre R$ 14 mil e R$ 20 mil

É ele quem cuida das contas da companhia: coordena e revisa o cálculo de impostos, apoia na apuração e pagamento de tributos, atende as auditorias, implementa melhorias fiscais e calcula e elabora a declaração de IR.

Analista Contábil

Salário: entre R$ 4,5 mil e R$ 7 mil

O profissional realiza conciliações e relatórios; atendimento à auditoria externa e revisão das demonstrações financeiras anuais; aprovação e e revisão de ordens de compra de acordo com classificação contábil, condições fiscais e financeiras com verba orçamentária; e é responsável pela estrutura de rateio de custos. É importante ser formado em Ciências Contábeis e conhecer sistemas ERPs.

Agronegócio

O agronegócio foi um dos poucos setores que conseguiu crescer durante a pandemia. Por isso, as empresas viram a necessidade de aumentar o time de vendas, profissionais consultivos e com foco em soluções para melhorar os resultados em cada regional.

Gerente Territorial de Vendas

Salário: entre R$ 13 mil e R$16 mil

É responsável por gerir a carteira de vendas de uma determinada região. É comum também encontrar estruturas onde esse profissional é o ponto central de relacionamento junto a canais de distribuição, realizando além da ponte com a fabricante, suporte a venda, também o suporte a treinamentos ao time do parceiro.

O cargo exige que a pessoa tenha alta capacidade de liderança, boa comunicação e dinamismo. Geralmente, é requisito obrigatório a formação acadêmica técnica na área, como Agronomia ou Zootecnia.

Engenharia e Manufatura

As companhias estão investindo cada vez mais na área de EHS (do inglês Environment, Health and Safety), principalmente quando se trata de Segurança do Trabalho e Gestão do Trabalho e Gestão Ambiental.

Coordenador de Saúde, Segurança e Meio Ambiente

Salário: entre R$ 9,5 mil e R$ 13 mil

O profissional é responsável por toda a estrutura de Saúde, Segurança e Meio Ambiente das empresas, muitas vezes assumindo também a segurança patrimonial.

Ele deve garantir que a cultura de segurança seja seguida desde o mais alto nível da organização até o chão de fábrica, capacitando e promovendo treinamentos para todos. Ter conhecimento sobre as principais Normas Regulatórias e atuação direta com ISO 9001, ISO 14001 e ISO 45001 é essencial.

Logística

Durante o isolamento, as empresas identificaram a necessidade de ter um departamento de suprimentos estruturado, com procedimentos, regras, indicadores de nível de performance de fornecedores e política de estoques bem definidas.

Coordenador de Suprimentos

Salário: entre R$ 9 mil e R$ 12 mil

O objetivo do profissional é conduzir negociações e buscar estrategicamente novos fornecedores e alternativas no mercado para melhor rentabilizar o orçamento estipulado para a área.

Também mantém interface diretamente com produção e logística e planeja todo o fluxo de compras no curto, médio e longo prazo.

Saúde

Os profissionais de saúde são aqueles que estão na linha de frente no combate contra a Covid-19, por isso, o setor de saúde está demandando cada vez mais pessoas de diversos níveis e áreas.

O setor também está precisando se reinventar e ser ágil para atualizar os procedimentos de saúde devido à pandemia e desenvolver novos produtos.

Enfermagem Assistencial (Hospitalar)

Salário: entre R$ 3,5 mil e R$ 6,5 mil

Supervisiona o cuidado, procedimentos e manejo do tratamento ao doente. Ainda realiza tarefas administrativas como checagem de prescrições, atualização de informações no prontuário. Além disso, o profissional também é responsável pelos treinamentos sobre protocolos hospitalares aos técnicos e auxiliares.

Médico Assistencial (Hospitalar)

Salário: entre R$ 15 mil e R$ 35 mil

É responsável pelo atendimento assistencial dos pacientes, interface com toda a equipe multidisciplinar, organização das informações via prontuário e prescrições, participação ativa na evolução do tratamento do paciente por meio de reuniões e avaliação/acompanhamento dos indicadores de qualidade assistencial.

Gerente de Assuntos Regulatórios

Salário: entre R$ 20 mil e R$ 35 mil

O profissional é responsável pela gestão dos processos de registro e renovações de produtos e serviços, além das aprovações e renovações de licenciamentos e certificações regulatórias.

É importante ter habilidades para organização, implementação e acompanhamento dos processos de registro e renovações, além de experiência além de experiência na participação ativa de licenciamentos.

Gerente Comercial – Medical Devices

Salário: entre R$15 mil e R$ 30 mil

Empresas de produtos médicos tiveram suas vendas alavancadas por terem um portfólio de produtos que atuam na prevenção, combate ou ainda no tratamento de pacientes afetados pela Covid-19.

Por isso, estão sendo demandados profissionais com habilidade e experiência em definição de estratégias para estruturar as áreas de venda.

Jurídico

Com o aumento do número de IPOs (abertura de capital de empresas em Bolsa de Valores), as companhias vêm buscando profissionais com experiência em estruturação de aberturas de capital e forte base societária.

Gerente Jurídico de Societário, M&A e Mercado de Capitais

Salários: entre R$ 20 mil e R$ 35 mil

O profissional atua na participação de projetos estratégicos, nas operações de aquisições, emissões de

de dívidas, além de assessoria direta ao Conselho de Administração, Comitês e Diretoria. Também possui grande responsabilidade frente aos órgãos reguladores como CVM e na estruturação de operações financeiras como IPO e estruturação de bonds.

Gerente Jurídico

Salário: entre R$ 15 mil e R$ 25 mil

É responsável pela gestão de todo o departamento jurídico, elaboração e acompanhamento de ações judiciais contra terceiros, análise e
elaboração e acompanhamento de ações judiciais contra terceiros, análise e elaboração de contratos, além do relacionamento com investidores.

Comercial, Marketing e Operações

A crise reforçou a preocupação com qualidade de atendimento ao cliente final e colaboradores. Além disso, a quantidade de dados cada vez mais disponíveis demandam profissionais especializados em gerar e acompanhar essas informações.

Executivo Sênior de Vendas de Tecnologia – Serviços Financeiros

Salário: entre R$ 15 mil e R$ 40 mil

O profissional é responsável pela venda de serviços, softwares ou produtos para o segmento de de serviços financeiros.

Ele deve conhecer profundamente sua carteira de clientes, entender o planejamento estratégico de longo prazo do cliente e como ele poderá ajudá-lo a atingir esses objetivos por meio de uma oferta customizada.

Analista de Planejamento/ BI

Salário: entre R$ 5 mil e R$ 10 mil

O profissional é responsável por garantir a melhor qualidade dos dados (conhecer ambiente BI, SQL, Hadoop e Cloud); além da gestão de indicadores de desempenho e geração de insights.

A pessoa deve ter habilidade para análise, estruturação e apresentação de dados; e facilidade na interação com diversas áreas dentro da companhia para para absorção e distribuição de informações.

Analista de Customer Service / Atendimento / Key Account Management

Salário: entre R$ 3 mil e R$ 5,5 mil

É quem resolve questões de agendamento de pedidos, ocorrência de entregas e direcionamento de resolução. As empresas buscam profissionais comunicativos, organizados, “mão na massa”, e com experiência com análise de processos, relatórios e visão da operação para melhorar o atendimento aos clientes.

Vendas Internas & Consultores Comerciais

Salário: entre R$ 3 mil e R$ 5 mil + variáveis de resultado

Esses profissionais são considerados os aceleradores do processo comercial. Fazem desde o mapeamento dos tomadores de decisão para qual ocorrerá a venda, prospectando novos parceiros de forma qualificada, até o agendamento de reunião com o front comercial ou operando diretamente na venda e negociação.

Para isso, ele precisa ser resiliente, comunicativo, ter foco em resultados, motivação e poder de influência. Dominar o inglês e ter experiência com cold call, vendas consultivas e CRM são um diferencial.

Analista de Compras

Salário: entre R$ 3,5 mil e R$ 5,5 mil

Faz a prospecção e cotações no mercado; negociações com clientes; compras internacionais e nacionais; e gestão de carteira de fornecedores. É preciso ter um perfil dinâmico, resiliente e com olhar para estratégias e inovações.

Também é importante conhecimento e facilidade com softwares de ERPs e bons níveis de inglês e espanhol.

Como aproveitar?

A dica pode ser manjada, mas nunca sai de moda. Para deslanchar na carreira e conquistar um bom emprego, é preciso investir em formação profissional. E não parar de se capacitar. Há estatísticas que mostram que a cada ano de estudo o profissional agrega em média 6% a mais em seu salário.

A formação acadêmica é essencial, no entanto, não é suficiente. A formação complementar em cursos técnicos e o domínio de línguas estrangeiras tornam o currículo bastante atraente ao mercado.

Lembre-se, as competências técnicas ajudam a abrir portas, mas não garantem a contratação. São as habilidades comportamentais é que guiam a definição das empresas pelo candidato.

Capacidade de trabalhar em equipe, bom relacionamento interpessoal, comunicação assertiva, habilidade de dar e receber feedback, orientação para resultado, empreendedorismo, entre outras habilidades, pesam no momento do recrutamento.

Vale a pena trocar de carreira?

Depende. Toda troca de carreira ou emprego envolve um risco. Pode não haver uma adaptação ao novo ambiente, ou uma inadequação com o novo chefe ou equipe, ou mesmo o ramo de atividade da nova empresa.

Entretanto, uma mudança súbita de ares pode também ter seus efeitos positivos. O novo desafio pode trazer o cenário ideal para um salto na carreira.

Conclusão: Não mude de emprego por questões salariais. Avalie as demais variáveis envolvidas. Pesquise sobre o novo empregador, deixe claro suas perspectivas, amarre um contrato de resultados.

Muitas vezes olhar o mercado pode ser um bom termômetro para repactuar suas necessidades com a empresa atual e continuar sua carreira nela. No mais, 2021 já começou e tem oportunidades para todos os tipos de profissionais. Para cima!

Leia também:

5 dicas para acelerar a sua carreira em 2021 – e conseguir um novo emprego

6 movimentos de carreira que você deve fazer em 2021

Estágio e Trainee: Onde estão as Vagas

1 Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*Os comentários não representam a opinião do portal ou de seu editores! Ao publicar você está concordando com a Política de Privacidade.

*